Central de Atendimento
  • (11) 3686-0583
  • (11) 3621-2892
  • (11) 94061-5680
Meu Carrinho 0 R$ 0,00

Filtros

Preço

Como cuidar das velas iridium para moto

Parte importante de qualquer motor de moto, as velas de ignição precisam de um cuidado especial. Diferente dos automóveis, elas trabalham em uma condição mais severa de funcionamento.

As velas de ignição automotivas geralmente estão escondidas dentro do capô e protegidas por alguma camada de motor, o que faz com que elas não mantenham contato direto com o ambiente.

Já nas velas de ignição para moto geralmente ficam menos protegidas, tendo um contato maior com a meio ambiente e as ações naturais. Por isso a verificação periódica da motocicleta é tão importante.

Como saber se a vela da moto está ruim

A combustão que inicia o motor só consegue ser acionada quando a vela da moto entra em contato com o gás do combustível e provoca a explosão, criando uma força mecânica e fazendo, conseqüentemente, a moto andar. Se ela não conseguir realizar este processo, a moto obviamente não anda.

Durante este uso, a vela de ignição de iridium vai se desgastando com o tempo. Por ser uma obra do tempo de da utilização, é impossível parar este processo dentro do motor da moto.

Porém, é possível detectar este processo com pequenas manutenções na motocicleta, evitando assim qualquer tipo de perda de potência, aumento de consumo e emissão de poluentes, além de outros problemas que possam atrapalhar o máximo desempenho.

Portanto, não deixe para verificar a vela de ignição para moto apenas quando o motor falhar. Verifique e confira o manual do usuário, pois ele trás as informações corretas de com quantos quilômetros rodados a vela de iridium precisa ser verificada ou substituída.

Especialistas e manuais concordam que, para uma verificação correta, é necessário verificar as velas de ignição a cada 3 mil quilômetros ou a cada 6 meses, juntamente com o resto do motor da moto. Dependendo do problema, basta ver como limpar a vela de ignição, para que o problema seja resolvido.

Quando trocar a vela da moto?

Caso estas condições de uso sejam boas e as verificações estejam em dia, os manuais recomendam que a troca das velas para moto sejam feitas a cada 10.000Km para as motos carburadas e 20.000Km, nas motos injetadas. Seu uso pós desgaste causa uma sobrecarga em todo o sistema de ignição, causando problemas para outras partes do motor.

Não esqueça também de verificar os outros componentes do Sistema de ignição, como a bobina, os cabos de vela e o “cachimbo”, pois o mal funcionamento destas peças do motor da moto podem fazer com que o sistema seja afetado também. Com este sistema funcionando, não haverá problema nem nos dias chuvosos.

Hoje, com o avanço da tecnologia, ainda é possível encontrar as velas de Iridium. Antigamente utilizadas apenas em motores de alto desempenho, hoje elas já estão sendo utilizadas em motocicletas do dia a dia. Por se tratar de um metal nobre, este tipo de vela de ignição proporciona uma partida mais fácil, além de uma queima de combustível melhor, redução de poluentes e até uma redução de consumo.

No entanto, é preciso lembrar que a verificação e manutenção precisam ser feitas por profissionais qualificados e capacitados para isso. Mesmo nas motocicletas de menor cilindrada, qualquer aperto mais forte pode levar a quebra da vela de ignição ou espanar a rosca do cabeçote.

A Megga Motos, além de comercializar as melhores velas de ignição iridium, também comercializa diversas peças e acessórios para motos! Desde escapamento esportivo, a itens de segurança como capacete aberto, luva e capa de chuva! Por isso conte sempre com a Megga Motos e continue navegando no site e confira.

  • Produtos encontrados: 52
  • por página
  • Produtos encontrados: 52
  • por página